Literatura

Desencontro

– então, já tem uma resposta?
– tenho.
– qual é?
– olha, você é um cara legal, inteligente, esperto, e qualquer mulher teria muita sorte de ter alguém como você.
– tô te dando a chance de ser essa mulher de sorte.
– bem, é que… eu não te mereço!
– eu sei que não. mas e daí?
– sabe?
– claro que sei. você é mimada, egoísta, insensível, caprichosa, manipuladora. entre muitas outras coisas.
– mas então por que você me quer?
– porque você é mimada, egoísta, insensível, caprichosa, manipuladora. entre muitas outras coisas.
– ninguém pode querer os outros pelos seus defeitos. se você me quer, deve ter visto alguma coisa boa em mim.
– eu não. só vi coisa ruim.
– mas isso não faz o menor sentido.
– e por acaso você vê alguma coisa boa em você?
– bem, eu sou… é… hum…
– viu só?
– eu não posso ser tão ruim assim. se fosse, não me importaria com o fato de não te merecer.
– achei que fosse uma desculpa barata.
– não, não! eu realmente acho que não te mereço.
– que estranho. você não é tão ruim quanto eu pensava.
– nossa! é a primeira vez que recebo um elogio. acho que tô me apaixonando por você.
– que pena. acabei de perder meu interesse por ti.

Crédito da imagem: https://bit.ly/2CeRF67.

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of